CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

terça-feira, 16 de junho de 2009

Estupefacta!!

Hoje só vou trabalhar à tarde e, como tal, tenho andado aqui por casa na sornice e a fazer zapping pelos poucos canais de que disponho.

Na TVI deparo-me com uma conversa entre Cristina Ferreira e a Margarida Menezes, fundadora do Clube das Virgens.




A moçoila tem 26 anos e é virgem. Até aí tudo bem, porque isso são opções que se fazem e ninguém tem nada a ver com isso. Mas a questão é que a rapariga diz que gosta da fase do namoro de escola (mão na mão, beijinhos e nada mais), mas que tem medo de avançar e que uma mão por baixo da roupa já a deixa muito nervosa. Nenhum dos seus dois namorados a conseguiu fazer vencer os medos e o seu primeiro linguado foi aos 22 anos. O que me deixa a pensar no tipo de homens que se tem cruzado com ela...

Mas o que me deixou verdadeiramente estupefacta foi o facto dela nunca ter ido ao ginecologista! Como é que nos dias de hoje uma mulher está à espera de iniciar a sua vida sexual ou de ficar grávida para ir ao ginecologista?!

Com tanta informação, como é que colocam a sua saúde em risco simplesmente porque têm medo de ir à consulta e de, como a própria Margarida disse, terem de abrir as pernas?!

É que sinceramente!!

8 comentários:

Abobrinha disse...

... só se vai ao ginecologista depois de "coisa e tal"? Engraçado! Quem ouvir isso pensa que o "coisa e tal" é a única coisa que causa gineco-doenças! O que não deixa de ser curioso, porque parece-me que o requisito único para ter problemas de aparelho reprodutor... é mesmo ter um!

Mas isto sou eu que não percebo nada disso! Até sou uma mulher solteira!

Se eu já pensava que não se aprendia nada na televisão, agora fiquei com a certeza!

A Gata Christie disse...

Não, Abobrinha, ainda bem que há televisão, porque graças àquele programa a jovem em questão foi a uma consulta de ginecologia! E, afinal, até aprendeu que há um tipo de cancro (do colo do útero) para o qual já há uma vacina e que é preciso ter atenção aos períodos menstruais, à sua duração e quantidade, aos corrimentos, à palpação das mamas, ect.
Eu não percebo é como é que alguém, supostamente com alguns estudos (se chegou ao nono ano já devia ter aprendido algumas destas coisas nas aulas de Ciências), em pleno século XXI tem este tipo de preconceito e revela tamanha ignorância!
Será que ela não tem mãe ou amigas com dois dedos de testa ou, até mesmo, um médico de família minimamente decente?!

maria inês disse...

então mas não é para ir só quando se está gravida???

A Gata Christie disse...

Lol, Maria Inês! Nestas coisas, cada uma sabe de si, não é?

Eu Mesma! disse...

eu cá ir ate vou mas....
confesso que detesto ir... o que vale é que o homem é lindooooooo todos os dias :)

Femme Fatale disse...

Epa estar aos 26 anos nessa tristeza de vida para que? Está à espera que algum homem lhe vá dar mais valor por isso?
E uma pessoa que vai ao ginecologista não tem nada a ver com gravidez, existem hoje em dia (infelizmente) muitos mais factores que não só o acto sexual que podem causar doenças do foro ginecológico se as pessoas não se informam é porque não querem.

A minha resposta parece um pco agressiva mas não é, apenas trabalho na área da saude e faz-me confusao este tipo de mentalidade no século em que vivemos.

Maldonado disse...

Esta gaja tira-me do sério, pois acredito que seja mais uma interesseira que se quer promover à custa do mediatismo. À conta do mesmo já conseguiu emprego como relações públicas no Benfica...
Ela deve ter uma grande pancada, pois revela uma mentalidade demasiado infantil para a idade. Nem o meu sobrinho de 10 anos é ingénuo como ela... :))
Se ela está à espera do príncipe encantado vindo a cavalo, vai-se decepcionar, pois só poderá ser um GNR... :))

A Gata Christie disse...

Para mim, é como ir a outro médico qualquer, Eu Mesma. Não gosto, nem desgosto. Sei que devo ir e vou, porque a minha saúde é o bem mais importante e precioso que tenho!

Ó Femme, não te desculpes! Tu tens toda a razão! Olha, a primeira vez que fui ao ginecologista tinha 12 anos e fui porque comecei a ser menstruada. Passei a ir de 2 em dois anos, até que me detectaram nódulos na mama. Tinha 26 anos. Desde então, vigio esses nódulos de meio em meio ano. Tenho 33 anos e nunca morri por lá ir. Antes pelo contrário!

Bolas, Maldonado,essa eu não sabia! O Benfica vai de mal a pior!
Pois, tadita, é um bocadinho ingénua, é...
Ah, e bem-vindo ao gatil!