CLICK HERE FOR BLOGGER TEMPLATES AND MYSPACE LAYOUTS »

terça-feira, 21 de julho de 2009

De repente, tudo muda...

Hoje tinha pensado contar-vos que amanhã vou ver Saia Curta e Consequências mas, de repente, isso perdeu todo o interesse.


O meu catfriend foi convidado a rescindir contrato com a empresa onde trabalha, mesmo send, dos funcionários mais recentes, aquele que é mais pontual, mais disponível, mais dedicado. A sua função é vender e não interessa que venda com boas margens de lucro para a firma. Vende pouco e, como tal, porta da rua é serventia da casa. E pensar que deixou de me acompanhar nalguns momentos difíceis ou importantes, porque o patrão podia precisar dele, porque alguém tinha de ir abrir o stand ao domingo ou ao sábado à tarde...

Quando se está numa crise de trabalho como esta e se tem 42 anos, as perspectivas são um bocadinho desanimadoras...

10 comentários:

Eu Mesma! disse...

Muito mesmo mas... pode ser que o dia amanha melhore...

A Palavra Mágica disse...

Gata Christie,

É como você escreveu no título:
"De repente, tudo muda". E tenha certeza, mudará para melhor.

Beijos!
Alcides

Abobrinha disse...

Boa sorte. Em vendas tem-se sempre muitos contactos. Pode ser que de algum deles venha alguma coisa melhor.

De novo, boa sorte. Beijinhos.

mjf disse...

Olá!
Esperança...é preciso :=)
Força...é preciso ir á luta...

Beijocas

Aninhas disse...

É assim... muitas empresas estão é preocupadas com o quanto facturam, não com empregados...
É triste, mas é assim...
Mas todo vai melhorar... :-)

Bjx

GATA disse...

Infelizmente ninguém está livre.

Eu já passei por essa situação, e ainda por cima numa época muito má da minha vida... (em relação com o meu post "Que Deus?", foi então que perdia a minha fé...) Mas sobrevivi! E ele também vai sobreviver! E se precisares de alguma coisa, just rise your paw

Turrinhas!

Maldonado disse...

1. É lamentável essa situação, a qual é um triste reflexo da mentalidade empresarial deste país, de que já fiz menção neste post:

http://a-terceira-via.blogspot.com/2009/02/obscena-tacanhez-dos-azeiteiros.html

2. Em Portugal não temos empresários, mas sim azeiteiros, os quais não fazem a mínima ideia do que é uma empresa nem de como motivar a mão-de-obra. Depois queixam-se de que não têm apoios, que os espanhóis concorrem contra eles e blá blá blá... :(

marta disse...

De qualquer da maneiras, sabendo de cor todas as teorias de "blá blá blá", mandei lá para o senhor patrão uma ligeira praga, para hoje andar de caganeira. E durante a próxima semana também. Os chauvinistas enervam-me. Especialmente quando são grandes c*br*oes.

Safira disse...

Lamento. Não deve ser fácil...mas tens de levar a bola para a frente. Por ti e pelo Catfriend.
As coisas mudam. Hoje está mau, amanhã pode estar melhor. Keep the faith!
Beijos

korrosiva disse...

Que num abrir e fechar de olhos, o teu catfriend arranje um emprego muito melhor :)

beijinhos